Notícias

Vacina contra HPV ainda encontra resistência

Notícias Segunda, 07 Agosto 2017 19:47
Avalie este item
(0 votos)
Dr. Álvaro Machado, do Rio Grande do Sul, diretor da SBOC Dr. Álvaro Machado, do Rio Grande do Sul, diretor da SBOC

Reportagem do portal DiárioRS destaca que a adesão do público-alvo nas campanhas de vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV) permanece como um desafio no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, neste mês de agosto vencerá um estoque de 231 mil doses. Até 2018, o estoque a vencer é de 1,6 milhão. Para o Dr. Álvaro Machado, diretor da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), ainda há muita desinformação sobre o assunto. “Na internet vemos inúmeras baboseiras sobre vacinas. As vacinas são seguras, testadas em milhares de pessoas e hoje já administradas a milhões de indivíduos no mundo todo. A Austrália, primeiro país a disseminar o uso da vacina contra o HPV, reduziu o câncer de colo uterino em 50%”, revela.

A matéria destaca que o Ministério da Saúde anunciou, em junho, a ampliação na oferta de vacina contra o HPV para meninos de 11 a 15 anos incompletos. O Brasil tornou-se o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para esses jovens em programas nacionais de imunização. A vacina também é ofertada para meninas de 9 a 15 anos, desde 2014. A meta para 2017 é vacinar 80% dos 7,1 milhões de meninos de 11 a 15 anos e das 4,3 milhões de meninas entre 9 e 15 anos.

Leia a reportagem completa aqui.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar