Imprimir esta página

Grupo Brasileiro de Câncer de Cabeça e Pescoço é o novo aliado da SBOC Destaque

Notícias Terça, 30 Junho 2020 21:53
Avalie este item
(0 votos)

A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e Grupo Brasileiro de Câncer de Cabeça e Pescoço (GBCP) acabam de firmar um acordo de cooperação.

Assinado entre as presidentes das duas entidades, Dra. Clarissa Mathias (SBOC) e Dra. Aline Lauda (GBCP), o acordo prevê uma série de colaborações para o desenvolvimento de iniciativas conjuntas de prevenção e educação continuada, integração do tratamento multidisciplinar e fomento de políticas de saúde e defesa do paciente com tumores que ocorrem na boca, nos seios paranasais, no nariz ou na garganta.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), eles são responsáveis por cerca de 41 mil novos casos de câncer a cada ano no país. Para Dra. Clarissa Mathias, os oncologistas clínicos e a população serão os maiores beneficiados pela união de esforços entre as entidades. "Isso porque estamos falando de uma área complexa, cujo conhecimento científico dialoga com diferentes áreas, todas muito dinâmicas, e a parceria entre a SBOC e o GBCP levará a novos e mais amplos esforços para manter nossa comunidade clínica atualizada sobre todos os avanços - que se converterão em um melhor cuidado com nossos pacientes e políticas mais eficazes de prevenção e tratamento para a população", acredita.

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que cerca de 54,6% dos brasileiros entre 16 e 25 anos estão infectados com HPV e, em 38,4% dos casos, tratam-se dos subtipos de alto risco, associados a alguns tipos de câncer, como o de cabeça e pescoço.

Dr. Aline Lauda celebrou o acordo reforçando os potenciais de colaboração em todas as frentes de atuação do GBCP. "Nossos objetivos e iniciativas se encontram com os da SBOC desde a conscientização da população para os fatores de risco e a importância do diagnóstico precoce até a pesquisa clínica, passando pelo suporte amplo ao paciente e à educação continuada médica e multiprofissional, envolvendo nutricionistas, fonoaudiólogos, enfermeiros, fisioterapeutas e tantos outros profissionais envolvidos no enfrentamento do câncer de cabeça e pescoço. Trata-se de um grande e valoroso reforço nessa luta, que é de todos nós", destaca.

A formalização da parceria foi anunciada dias após o primeiro acordo entre a SBOC e grupos de especialistas ser assinado, com o EVA - Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos. "São organizações que têm em comum com a SBOC o espírito científico e a prática voltada ao fortalecimento da oncologia clínica para o enfrentamento do câncer. Recebemos o GBCP entre nossos parceiros com muito entusiasmo e, em breve, anunciaremos novas parcerias que vão reforçar ainda mais a oncologia clínica brasileira e seu valoroso trabalho.", explica o diretor executivo da SBOC, Dr. Renan Clara.

Saiba mais sobre o GBCP em www.gbcp.org.br.