Imprimir esta página

SBOC inaugura Plataforma de Pesquisa Clínica Destaque

Notícias Quinta, 30 Julho 2020 21:41
Avalie este item
(1 Voto)

Em uma área tão complexa e dinâmica como a oncologia, a pesquisa clínica se faz ainda mais necessária, por possibilitar o acesso de pacientes a novos tratamentos, na fronteira do conhecimento científico. Para promover ainda mais as pesquisas dessa natureza no Brasil e ampliar o acesso a elas, a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) desenvolveu uma plataforma para cadastro e compartilhamento de estudos em fase de recrutamento de pacientes em todo o território nacional.

Com a iniciativa, oncologistas, demais profissionais da área e organizações patrocinadoras envolvidos em pesquisas clínicas podem cadastrar, em poucos passos e on-line, estudos que estão em fase de recrutamento de voluntários. Também pretende-se ampliar a interação entre oncologistas e pesquisadores clínicos e oferecer aos associados SBOC o acesso amplo a estudos em andamento no país, auxiliando na tomada de decisão sobre como seguir pelos melhores caminhos possíveis aos seus pacientes.

Para a presidente da SBOC, Dra. Clarissa Mathias, o cadastro pode contribuir para melhorar a realidade do acesso a novas tecnologias oncológicas. "A SBOC atua fortemente pela inclusão de novas abordagens e tecnologias para o tratamento de pacientes com câncer na rede pública e na saúde suplementar, mas muitas respostas para tratamentos só podem ser dadas por quem está em pleno processo de investigação científica, como os profissionais envolvidos na pesquisa clínica. Operacionalizar a troca de informações a respeito das pesquisas em andamento é um grande passo para democratizá-las."

Um sistema digital especial foi desenvolvido para que somente os estudos em recrutamento sejam disponibilizados pela plataforma. Para auxiliar aqueles com pesquisas clínicas a serem cadastradas, a SBOC oferece um tutorial ilustrado com o passo a passo do processo e mais informações a respeito da plataforma.

"Tudo começa com um cadastro dos dados do usuário da plataforma. Em seguida, é feita a inclusão da pesquisa em recrutamento e, com a confirmação por e-mail da inserção das informações, o cadastro passa por um processo de aprovação. Uma vez aprovada, a pesquisa passa a estar disponível para acesso dos associados", explica Dra. Ana Gelatti, do Comitê de Pesquisa Clínica da SBOC e da Diretoria da entidade. Por medidas de segurança, somente centros de pesquisa, organizações representativas de estudos clínicos (CROs) e patrocinadores poderão preencher o formulário de cadastro. "Caberá sempre à SBOC checar as informações e aprovar a publicação na plataforma", garante a diretora.

Dra. Ana Gelatti apresentou a plataforma em live transmitida pela SBOC na última quarta-feira (29), junto aos demais membros do Comitê, Dra. Eldsamira da Silva Mascarenhas, Dr. Fábio André Franke, Dr. Gustavo Colagiovani Girotto e Dr. Romualdo Barroso de Sousa. A gravação está disponível em formato de podcast, nas principais plataformas digitais.

De acordo com o diretor executivo da SBOC, Dr. Renan Clara, a discussão não se encerrou com a live. "Demos um primeiro grande passo. A SBOC está envolvida não só na ampliação e na divulgação da pesquisa clínica no Brasil, mas também na regulação e sistematização da área. Por isso, seguimos engajados no tema e fomentando novas discussões e reflexões. A SBOC trará novidades na área em breve!", afirma. Em abril, a entidade enviou carta aos deputados federais em que reforçou sua defesa pela aprovação do projeto de lei 7.082/2017, que regulamenta e acelera o andamento de estudos clínicos com potencial para melhorar a vida de pacientes oncológicos e da população em geral (leia mais).

Para cadastrar pesquisas, acesse a Área de Pesquisa Clínica da SBOC.