Notícias

SBOC e o fomento da Pesquisa Clínica em Oncologia no país

Notícias Sexta, 15 Março 2019 20:57
Avalie este item
(0 votos)

Na última quinta-feira, 14 de março, a SBOC esteve presente no III Encontro de Cancerologia no Interior Paulista (ECIP) e X Simpósio de Mastologia, Oncologia e Imaginologia Mamária, realizado em São José do Rio Preto, promovido por diversas instituições da área da saúde.

No primeiro dia do evento, a programação contou com um módulo exclusivo sobre Pesquisa Clínica em Oncologia. Dra. Cinthya Sternberg, Diretora Executiva da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), apresentou as iniciativas promovidas pela SBOC para fomentar a Pesquisa Clínica em Oncologia no Brasil.

Além de atuar em frentes como educação continuada, políticas de saúde, defesa profissional, relações nacionais e internacionais, a SBOC tem um forte compromisso com o incentivo à formação e à pesquisa. Oferece aos seus associados uma plataforma que traz um painel de estudos clínicos em andamento no país abertos à inclusão de pacientes oncológicos. Por meio dessa plataforma os médicos podem consultar os estudos, seus critérios de inclusão e os dados de contato com pesquisadores e, assim, contribuir com o recrutamento de pacientes em todo o Brasil. Um outro serviço disponibilizado aos associados com foco na Pesquisa Clínica é o de Bioestatística para auxílio no desenho experimental de estudos clínicos e análise estatística de estudos já realizados.

A SBOC também é responsável por programas na área voltados a jovens oncologistas em parceria com instituições internacionais. No ano passado, por exemplo, o Programa de Imersão Internacional em Pesquisa Clínica selecionou dois bolsistas para um Observership no Developmental Therapeutics Program da Northwestern University Feinberg School of Medicine, um dos centros de referência no tratamento e no desenvolvimento de estudos clínicos em Oncologia. Ainda em 2018, a SBOC promoveu o Fellowship de Pesquisa Clínica no Exterior, que ofereceu a dois jovens a oportunidade de treinamento em Pesquisa Clínica em centros de referência fora do Brasil, como Johns Hopkins e Dana-Farber Cancer Institute.

Em parceria com instituições nacionais, a SBOC também promoveu no ano passado dois programas que se repetirão neste ano. O Programa de Especialização em Tumores Neuroendócrinos, realizado em conjunto com o A.C.Camargo Cancer Center, que tem duração de um ano e contém em sua programação tempo reservado para pesquisa e produção científica. Já o Programa de Capacitação em Pesquisa Clínica permite que dois residentes e quatro jovens oncologistas visitem, por uma semana, o Centro de Pesquisa Clínica em Oncologia do Hospital de Caridade de Ijuí (RS) – Oncosite, instituição que superou as adversidades, se tornou referência nacional em Pesquisa Clínica e hoje é responsável pelo maior número de estudos em andamento no país.

A participação dos oncologistas em todas essas iniciativas pode trazer resultados práticos em curto prazo. No caso dos programas voltados aos jovens oncologistas, por exemplo, a vivência em importantes Centros de Pesquisa Clínica pode contribuir para que eles fiquem ainda mais motivados como agentes decisivos para a criação de centros de Pesquisa Clínica em suas cidades. "O número de estudos em todo o mundo cresceu 13.000% nos últimos 18 anos. A parcela que cabe ao Brasil hoje é de aproximadamente 6 mil estudos ou 1,65% do total. Precisamos promover a Pesquisa Clínica em nosso país, principalmente porque aqui ainda é por meio dela que se tona possível ampliar o acesso a novas terapias, melhorar a qualidade de vida e muitas vezes aumentar a sobrevida de pacientes que não têm mais outras opções de tratamento", afirma Dra. Cinthya, que também é pesquisadora.

Última modificação em Sexta, 15 Março 2019 21:05

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar