Notícias

Oncologista brasileiro é o primeiro fora dos EUA a receber o prêmio Partners in Progress da ASCO Destaque

Notícias Sábado, 30 Maio 2020 21:54
Avalie este item
(0 votos)

Premiação, entregue na edição virtual de 2020 do ASCO Annual Meeting, é concedida a profissionais que transformam a realidade do câncer ao redor do mundo


Pela primeira vez, um profissional de fora dos Estados Unidos recebeu da American Society of Clinical Oncology (ASCO) o Partners in Progress Award: e é um brasileiro! O oncologista clínico Dr. Carlos Gil Ferreira, membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), foi premiado hoje (30/05), durante o ASCO Annual Meeting, que neste ano ocorre on-line devido à pandemia de COVID-19.

Criado em 2003, o Partners in Progress Award reconhece profissionais envolvidos em atividades de defesa do paciente que impactam na conscientização pública sobre o câncer, suas causas e tratamento, e que resultaram em apoio à promoção da pesquisa e da assistência na área. Com larga experiência em câncer de pulmão e atuação no desenvolvimento de medicamentos oncológicos, testes diagnósticos, políticas de saúde e inovação, Dr. Carlos Gil Ferreira foi escolhido entre dezenas de pesquisadores, defensores de pacientes e líderes globais da oncologia que trabalharam para transformar a realidade da doença em todo o mundo.

"É muito significativo para mim receber uma premiação pelo conjunto de um trabalho que desenvolvo há tantos anos e com muita dedicação - e que não seria possível sem a contribuição de tantos outros profissionais associados ao meu grupo de trabalho, tanto na pesquisa como no advocacy para ampliar e garantir o acesso de pacientes com câncer de pulmão a diagnóstico molecular e novas terapias", declara Dr. Gil Ferreira, que esteve entre os membros de três diretorias da SBOC: de 2001 a 2003, com Dr. André Augusto Jr. G. de Moraes como presidente; de 2003 a 2005, na presidência de Dr. Roberto de Almeida Gil; e de 2015 a 2017, na gestão de Dr. Gustavo dos Santos Fernandes. Para o premiado, "a atuação junto à SBOC fortaleceu seu trabalho pelo acesso da população ao cuidado oncológico".

A presidente da SBOC, Dra. Clarissa Mathias, celebrou a premiação. "É um orgulho não só para a SBOC, mas para toda a comunidade oncológica brasileira, ter um dos nossos reconhecido internacionalmente pelo seu importante legado para a oncologia nacional e mundial. O Brasil é uma potência no combate ao câncer e a SBOC, que tem no acesso da população aos avanços oncológicos uma de suas mais importantes bandeiras, parabeniza Dr. Carlos Gil pelo feito e o agradece por tudo o que fez e faz para avançarmos ainda mais."

A ciência a serviço do paciente

Dr. Carlos Gil Ferreira concluiu sua formação em Oncologia Médica no Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Rio de Janeiro (RJ), em 1997. No mesmo ano, iniciou seus estudos no programa de doutorado em Oncologia Experimental do Departamento de Oncologia Médica da Centro Médico Universitário Vrije, em Amsterdã, na Holanda. Lá, também trabalhou por quatro anos como pesquisador em estudos básicos, translacionais e clínicos em câncer de pulmão.

Em 2001, voltou ao Brasil para trabalhar no INCA, onde foi nomeado chefe do Setor Clínico e Translacional em 2002 e estabeleceu seu próprio laboratório, com foco em biomarcadores e diagnóstico molecular no câncer de pulmão. Desde então, a espinha dorsal de seu trabalho tem sido o desenvolvimento de pesquisas clínicas e translacionais como ferramenta para ampliar o acesso a melhores tratamentos no país.

Seu grupo foi pioneiro em alguns dos primeiros ensaios locais independentes de fase I, II e III, além de estudos de validação de biomarcadores em oncologia. Dr. Carlos Gil é autor de mais de 150 artigos revisados ​​e capítulos de livros. Durante esses estudos, teve a oportunidade de orientar mais de 35 estudantes de mestrado e doutorado.

Desenvolveu projetos estruturais para fomentar a pesquisa sobre o câncer no país, como o Banco Nacional de Tumor e DNA, em 2004, e dois projetos nacionais independentes patrocinados pelo Ministério da Saúde: a Pesquisa Clínica em Rede de Oncologia e a Rede de Descoberta de Medicamentos, lançadas em 2010.

Liderança

Além de sua importante atuação na SBOC, Dr. Carlos Gil foi membro do conselho do Comitê Científico da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) entre 2012 e 2015, apoiando políticas para o acesso mais amplo e rápido aos medicamentos contra o câncer no Brasil.

Um foco particular de seu trabalho tem sido a melhoria do acesso a testes moleculares no país. Além de publicar uma série de artigos relacionados ao tema, o Dr. Gil dedicou-se ao advocacy como membro do Conselho da Americas Health Foundation e da Rede Internacional de Pesquisa e Tratamento do Câncer (INCTR).

Com seu grupo, desenvolveu diferentes projetos para melhorar a conscientização sobre o câncer de pulmão no país, incluindo estudos de epidemiologia molecular, publicações na mídia e apoio a estratégias de cessação do tabagismo. Foi premiado pela Associação Internacional para o Estudo do Câncer de Pulmão (IASLC, na sigla em inglês) em 2017 e 2019 na categoria Melhor Equipe de Assistência ao Câncer de Pulmão da América Latina.

Dr. Gil também atuou como copresidente do Comitê de Bolsas da IASLC, membro do Comitê de Estatutos da entidade e do Comitê de Assuntos Internacionais da Associação Americana para a Pesquisa do Câncer (AACR).

Desde março de 2018, é presidente do Instituto Oncoclínicas e diretor científico do Grupo Oncoclínicas no Brasil. Nas palavras do próprio, o principal objetivo de seu trabalho atual no Grupo e no Instituto Oncoclínicas é "a educação médica contínua em oncologia e a orientação de jovens oncologistas brasileiros". Um legado que segue rendendo novos frutos.

Assista ao vídeo da ASCO em homenagem ao ganhador do ASCO Partners in Progress Award, Dr. Carlos Gil Ferreira.

Última modificação em Sábado, 30 Maio 2020 22:02

1 Comentário

  • Link do comentário Gilson Delgado Quarta, 01 Julho 2020 18:06 postado por Gilson Delgado

    Parabéns a esta pessoa muito especial e com grandes notas de humildade e conhecimento, dr. Carlos Gil.

    Relatar

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar