Notícias

Em 15 anos, câncer deixará de ser doença mortal, diz geneticista francês

Notícias Quinta, 20 Novembro 2014 11:19
Avalie este item
(0 votos)
Em 15 anos, o câncer deixará de ser uma doença fatal. A afirmação que traz esperança para quem luta contra o mal é do geneticista francês Laurent Alexandre, cirurgião e dono da empresa DNA Vision. Recentemente, ele lançou o livro “A Derrota do Câncer - A História do Fim de uma Doença”, onde narra como os avanços do sequenciamento do DNA vão mudar a vida dos doentes.

“As tecnologias genéticas vão permitir às pessoas que têm um câncer viverem, dentro de dez anos, como os soropositivos. Hoje, a esperança de vida para quem é portador do vírus da Aids é a mesma para uma pessoa sadia. É uma doença desagradável, com medicamentos difíceis, mas vivemos mais ou menos o mesmo número de anos com ou sem o vírus HIV”, diz o cientista francês. De acordo com ele, em 2030, o câncer não será mais uma doença que mata. Leia a entrevista que ele concedeu à RFI Brasil.

Leia a entrevista

http://www.portugues.rfi.fr/geral/20141112-cancer-vai-virar-doenca-cronica-em-15-anos-diz-geneticista-frances

Última modificação em Segunda, 05 Setembro 2016 20:33

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar