Notícias

SBOC divulga Consenso de Dor oncológica

Notícias Quinta, 16 Outubro 2014 10:52
Avalie este item
(0 votos)

Por meio de uma campanha global da IASP (International Association for the Study of Pain)EFIC (European Federation of Chapters of the IASP) e da OMS (World Health Organization), desde 2004, o alívio da dor tem sido considerado um direito humano.

Infelizmente, em países em desenvolvimento ainda é grande o número de pacientes que sofrem de dor. Existem várias razões para este problema, entre eles a falta de profissionais de saúde com formação adequada, a opiofobia e a indisponibilidade demedicamentos no sistema de saúde.

A dor relacionada ao câncer tem características específicas e nesse sentido a SBOC, com o apoio da Mundipharma, reuniu oncologistas com especialização no tratamento da dor e/ou cuidados paliativos, dentre eles: Dr. Evanius Wiermann, Presidente Nacional da SBOC, Curitiba; Dr. Ricardo Caponero, Clinonco, São Paulo; Dra. Maria del Pilar Estevez Diz, ICESP, São Paulo; Dr. Roberto Bettega, ANCP, Curitiba; Dra. Andreza Souto, OncoVida, Brasília; Dr. Paulo Sergio Lages, Centro Goiano de Oncologia, Goiânia e Dra. Carolina Zau Araújo, Santa Casa de Misericórdia de Maceió, Maceió. Além disso, contou com a participação do Dr. Barry Cole, Psiquiatra especialista no Manejo da Dor, Associação Psiquiátrica de Nevada – EUA. Com isso constriu-se um algorítimo de recomendações da SBOC para a abordagem da dor oncológica.

Nesse sentido a Mundipharma e a SBOC tem por objetivo incentivar programas de educação médica continuada com o intuito de uma melhoria da abordagem de dor aos pacientes oncológicos.

Consulte: http://www.sboc.org.br/wp-content/uploads/2014/10/Treatment-Algorithm-Cancer-Pain-P%C3%B3s-Revis%C3%A3o.pdf

Última modificação em Segunda, 05 Setembro 2016 21:05

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar